Comunicação

Notícias

Notícias

XXX Prêmio Minas de Economia divulga regulamento

Compartilhar:

XXX PRÊMIO MINAS DE ECONOMIA

Graduação – Ano 2018

REGULAMENTO

2018

O Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais S.A, – BDMG, o Conselho Regional de Economia – 10ª Região – MG e a Associação dos Economistas de Minas Gerais – ASSEMG, em esforço conjunto, instituíram, a partir de 1988, o PRÊMIO MINAS DE ECONOMIA.

Com edição anual, o PRÊMIO MINAS DE ECONOMIA tem por objetivo incentivar a excelência na investigação econômica em geral e de em estudos e pesquisas voltados para o conhecimento e o desenvolvimento socio-econômicossocioeconômicos.

O PRÊMIO contempla os 3 melhores trabalhos de conclusão de curso aprovados de estudantes de graduação em faculdades de Ciências Econômicas com sede no Estado de Minas Gerais.

Nessa perspectiva, as entidades promotoras buscam incentivar, nos futuros economistas, o esforço e gosto pelapuro na pesquisa e pelaretratada na redação de trabalhos científicos de qualidade de qualidade e bem como valorizar nas faculdades de Ciências Econômicas no Estado de Minas Gerais, o apuro ea boa orientação e a dedicação na atividade de produção de monografias, tarefa obrigatória, conforme currículo do curso aprovado pelo Conselho Federal de Educação.

I – DOS TRABALHOS

Art. 1º. Somente poderão concorrer ao PRÊMIO até trêsos dos melhores trabalhos de conclusão de curso de de cada faculdade de Economia, de natureza teórica ou aplicada, sem qualquer limitação temática, elaborados em faculdades com sede no Estado de Minas Gerais. Os trabalhos serão previamente selecionados pelo órgão competente dessas faculdades, que serão os responsáveis pela sua inscrição no PRÊMIO conforme previsto no Art. 5º.

§1º. Os trabalhos deverão ter no mínimo 25 (vinte e cinco) e no máximo 70 (setenta) páginas, incluindo tabelas, com 25 linhas por página, em média e até 72 toques por linha, em média.

§2º. Excluem-se do total de páginas os anexos econométricos.

Art. 2º. Os trabalhos serão identificados apenas por pseudônimos, mencionados de forma destacada no alto da primeira página do texto, não contendo referências de escola, nem de orientadores em seu conteúdo.

Parágrafo único. Cada faculdade será responsável pelo registro documental que associará o pseudônimo anotado no texto do trabalho, ao respectivo autor, responsabilizando-se ainda pelo sigilo desta informação, até a divulgação final dos nomes dos premiados.

Art. 3º. Os trabalhos deverão ser entregues em 03 (três) vias, acondicionados em um único envelope, fechado, no qual será indicado apenas o pseudônimo do autor. O envelope não poderá conter qualquer marcação manual, mecânica, ou impressa, que possibilite a identificação de seu conteúdo, do autor do trabalho e da escola de origem.

Parágrafo único. Os autores deverão entregar cópia do trabalho em meio eletrônico, em formato PDF, preferencialmente em PENDRIVE, em arquivo gravado datado (YYYY.MM.DD-Nome) e fechado, impossibilitando adições posteriores ou regravações de conteúdo. O PENDRIVE deverá Deverá ser etiquetado apenas com o título do trabalho e o pseudônimo do autor e deverá acompanhar o trabalho escrito.

II – DAS INSCRIÇÕES

Art. 4º. Os trabalhos deverão ser entregues no ao Conselho Regional de Economia – 10ª Região – MG, situado à Rua Paraíba, 777, Funcionários, Belo Horizonte, Minas Gerais,Gerais, CEP 30.130-141, Telefone: (31) 3261-5806, durante o período do dia 15 de julho até o dia 16 17 de agosto do corrente ano.

Art. 5º. A inscrição dos melhores trabalhos da faculdade para concorrer ao Prêmio Minas de Economia deverá ser realizada pelo Professor designado responsável pelo curso, ou pelo Colegiado de Curso, Câmara Departamental ou órgão similar da faculdadeFaculdade ou Universidade onde é ministrado o Curso de Graduação em Economia.

Parágrafo único. Cada Instituição de Ensino poderá selecionar e inscrever até 03 (três) trabalhos, os quais deverão ter sido aprovados pelo órgão competente da Instituição, no ano anterior ou até o primeiro semestre do ano da premiação. Não serão aceitos trabalhos já inscritos a este prêmio no ano anterior.

III – DA COMISSÃO JULGADORA

Art. 6º. A Comissão Julgadora, presidida pelo Economista Chefe do BDMG, ou por preposto que designar, será constituída por 03 (três) economistas, indicados pelas entidades promotoras do PRÊMIO.

§1º. Os membros da Comissão Julgadora deverão possuir titulação mínima de Doutorado.

§2º. A critério das entidades promotoras, profissionais de notório saber, da área de Economia, poderão compor a Comissão Julgadora.

§3º. Autores e orientadores dos trabalhos concorrentes, bem como seus ascendentes e descendentes até o 2º grau, estão impedidos de participar da Comissão Julgadora.

IV – DOS PRÊMIOS

Art. 7º. Os prêmios contemplarão os três melhores trabalhos inscritos.

§1º. A Comissão Julgadora poderá decidir pela não concessão de prêmios ou pela premiação de apenas um ou dois trabalhos.

§2º. A critério da Comissão Julgadora poderão ser concedidas até três Menções Honrosas para as monografias que, de alguma forma, mereçam destaque, podendo, a critério dos organizadores, serem incluídas em eventual publicação ou serem disponibilizadas para “download” nos sites dos organizadores.

Art. 8º. Ficam estabelecidos os seguintes valores brutos de Premiação: 1º lugar: R$ 5.000,00; 2º lugar: R$ 3.000,00; 3º lugar: R$ 1.500,00; estando estes valores sujeitos às retenções, conforme legislação vigente, de Imposto de Renda e INSS (é necessário que os vencedores informem ao BDMG seu CPF e nº de PIS/PASEP ou NIT antes do pagamento da premiação).

Parágrafo único. As Menções Honrosas não receberão premiação em dinheiro.

V – DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 9º. A inscrição do trabalho implica em automática concordância com o presente Regulamento e autorização, a título gratuito, para publicação ou reprodução, inclusive por meio digital, a critério dos promotores, de toda a obra ou parte dela.

Parágrafo único. Após informados que seu trabalho foi premiado, cada autor deve enviar arquivo PDF com seu trabalho devidamente identificado para a publicação, conforme aprovado na sua faculdade, para o e-mail da secretaria do Corecon-MG (corecon-mg@cofecon.gov.br).

Art. 10º. Os originais não serão devolvidos e as decisões da Comissão Julgadora são irrecorríveis.

Art. 11º. Ficam impedidos de concorrer à Premiação de que trata o presente Regulamento os Mantido o sigilo por pseudônimo, poderão participar estudantes de economia que estagiaram nas entidades promotoras ou que as tenham por objeto de investigação. Monografias de qualidade, desde que selecionadas pelo curso, preservado o sigilo (art 2º), podem concorrer livremente.

Art. 12º. Os casos omissos serão resolvidos pelo CORECON – 10ª Região – MG, ouvido o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais S.A. – BDMG.