PRÊMIOS

Alvim E. Roth e Lloyd S. Shapley
2012
Real Academia Sueca de Ciências concedeu a Alvin E. Roth (Harvard) e a Lloyd S. Shapley (Universidade da Califórnia em Los Angeles – UCLA) o Prêmio Nobel de Economia 2012. A escolha reconhece o trabalho de ambos "pelas teorias de alocações estáveis e modelos de mercados" – Roth trabalhou na prática com a teoria desenvolvida por Shapley. Os dois norte-americanos dividiram o prêmio de 8 milhões de coroas suecas.
Christopher Sims e Thomas Sargent
2011


Os professores Thomas J. Sargent, da New York University, e Christopher A. Sims, da
Princeton University, são os ganhadoresa do prêmio Sveriges Riksbank de Ciências Econômicas em Memória de Alfred Nobel de 2011, popularmente conhecido como Prêmio Nobel de Economia. Os economistas norte-americanos foram premiados conjuntamente pelo desenvolvimento de pesquisas empíricas sobre a relação de causa e efeito na área de macroeconomia. Os acadêmicos buscaram melhor entendimento sobre as possíveis relações entre a política econômica e as diferentes variáveis macroeconômicas, como PIB, emprego, inflação e investimentos e seus efeitos práticos. Pelo feito, ambos receberão um prêmio no valor de US$ 1,5 milhão, cerca de R$ 2,6 milhões.
Peter A. Diamond; Dale T. Mortensen; e Christopher A. Pissarides
2010


Os norte-americanos Peter Diamond e Dale Mortensen e o britânico-cipriota Christopher Pissarides são os ganhadores do Prêmio Nobel de Economia 2010. O anúncio foi feito no dia 11/10 pela Real Academia Sueca de Ciências, premiando "por suas análises de mercados com atrito de busca" os três economistas, que dividirão 10 milhões de coroas suecas (aproximadamente US$ 1,5 milhão).
Elinor Ostrom e Oliver E. Williamson
2009
Por seus trabalhos em govenança econômica, apresentando análises sobre política econômica das popriedades e dos limites das empresas. Elinor é primeira mulher a ganhar o Nobel de Economia desde que o prêmio foi criado, em 1969".
Ragnar Frisch, Jan Tinbergen
1969
Por desenvolver e aplicar modelos dinâmicos na análise de processos econômicos"
Paul A. Samuelson
1970
Pelo trabalho científico através do qual ele desenvolveu teorias econômicas estáticas e dinâmicas que contribuíram ativamente para aumentar o nível da análise na ciência econômica"
Simon Kuznets
1971
Por sua interpretação empírica fundada no crescimento econômico o qual foi guiado para um novo rumo, mais profundo nas estruturas sociais e econômicas do processo de desenvolvimento”
John R. Hicks, Kenneth J. Arrow
1972
Por suas contribuições pioneiras na teoria do equilíbrio econômico geral e a teoria do bem estar social"
Wassily Leontief
1973
Por ter desenvolvido o método de insumo-produto e por sua aplicação em importantes problemas econômicos"
Gunnar Myrdal, Friedrich August von Hayek
1974
Por seus trabalhos pioneiros na teoria da moeda e flutuações econômicas e pela análise penetrante da interdependência dos fenômenos econômicos, sociais e institucionais"